© 2017 - STTAMP - Todos os direitos reservados

Design & Development by VStudios INC

  • Twitter - White Circle
  • Facebook - White Circle

Groundforce - Processo de negociação salarial

19.03.2018

STTAMP

Caros Associados

 

Como é do vosso amplo conhecimento, a materialização do referido acordo estava condicionada à verificação de dois factores: a atribuição das licenças de assistência em escala à SPdH e a celebração do contrato de handling com o cliente TAP.

De facto, esses dois pressupostos estão já cumpridos, como atesta o recente comunicado emitido para todos os trabalhadores, via e-mail de serviço, pelo CEO Eng. Paulo Leite.

Estranhamos por isso que após interpelação à empresa em ofício questionando a demora na atualização das tabelas salariais e pagamento dos retroactivos acordados, nos tenha sido comunicado pelo director de recursos humanos Eng. Eric Teixeira que a mesma actualização está agora dependente de auditorias a realizar às escalas de Lisboa e Faro, que as mesmas só estarão concluídas perto do final de Abril, pelo que só depois se procederia à aplicação na íntegra das alterações às tabelas salariais.

Os dois discursos não são compatíveis.

Aliado a este facto, temos vindo a testemunhar uma mudança de tom no relacionamento institucional com as ORT's, facto que nos surpreende pela negativa, uma vez que de algum tempo a esta parte vínhamos assistindo a uma significativa melhoria desse registo, típico de tempos idos...

É exemplo disso a questão da formação da United Airlines recentemente ministrada aos trabalhadores da área de passageiros, objecto de interpelação por parte do STTAMP cujo cronograma formativo contemplou uma carga horária de 7,5h de formação diária durante cinco dias consecutivos, violando clara e inequivocamente o A.E. nessa matéria, fazendo tábua rasa da regulamentação colectiva de uma forma ligeira e irresponsável, alegando que, e citamos "o carácter extraordinário da medida se encontra devidamente justificado e não apresenta uma duração prolongada que motive compensações adicionais" ...

O assunto está obviamente entregue ao Gabinete Jurídico, visto que não deixamos passar a violação grosseira do que deveria ser inviolável.

É também com preocupação que temos assistido à preparação da operação, em termos de recursos humanos, da entrada do Verão/IATA.

Já desde o final do ano passado que havíamos previsto uma operação estival difícil e desproporcionada, face aos anúncios dos clientes/companhias de restabelecimento de rotas, de aumento de frequências, de novas rotas, de novas companhias, etc, pelo que continuamos a denotar alguma inércia por parte da empresa na adequação da quantidade de pessoas necessárias à operação prevista.

É aqui que a prática da precariedade estoura nas mãos de quem a promove. 

Num momento de retoma económica generalizada e de retoma consecutiva do sector do transporte aéreo de passageiros e carga em particular, é com justiça "kármica" que a ilusão do recurso permanente ao trabalho temporário cai como um castelo de cartas. Têm sido em grande número as desistências tanto de pessoas em formação como trabalhadores já em funções contratados através da empresa "Ertek", uma vez que o mercado de trabalho lhes proporciona propostas de emprego bastante mais aliciantes do que o regime a roçar a escravatura que lhes destinamos.

Com isto os níveis de motivação caiem abruptamente, sucedendo-se as baixas, os acidentes de trabalho, os incidentes com aeronaves, incidentes com equipamento GSE, etc.

Não estamos comprometidos com nada a não ser a defesa dos direitos e interesses dos trabalhadores da SPdH, da sua integridade física, mental e salarial, e na defesa da responsabilidade social a que esta empresa está obrigada quando cria cada posto de trabalho de que necessita.

Dessa forma, vamos continuar a diligenciar no sentido de melhorar as condições dos que cá estão, certos de que o faremos para as gerações vindouras, concorrendo para a manutenção da saúde económica e financeira da NOSSA empresa, sendo que não nos coibiremos de encetar novas formas de luta se assim for a vontade de todos.

 

STTAMP - Mais perto de quem trabalha

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

logotipo STTAMP
Informação relacionada
Please reload

Please reload

Arquivo
Procurar por temas