© 2017 - STTAMP - Todos os direitos reservados

Design & Development by VStudios INC

  • Twitter - White Circle
  • Facebook - White Circle

Eleições dos corpos sociais do STTAMP

28.03.2017

STTAMP

 

O STTAMP vai a votos no próximo dia 10 de Abril, para eleição dos corpos sociais do sindicato para o triénio 2017-2020.

A lista com que nos apresentamos aos associados enquadra-se num processo de continuidade. Porquê? Porque acreditamos no projecto que defendemos desde o início do mandato que agora damos por concluído. Porque nos sentimos capazes, com responsabilidade, mas muito motivados para prosseguir o trabalho que temos desenvolvido e que se tem revelado um sucesso, na medida do que é possível considerar sucesso quando se fala em sindicalismo e defesa dos direitos dos trabalhadores.

 

Como é sabido desde há muito que o STTAMP não é um sindicato com representação pouco diversificada. Hoje somos muito mais do que isso. Hoje temos uma representatividade muito mais abrangente, muito mais dinâmica e preponderante, de enormes responsabilidades, fruto de uma grande adesão ao STTAMP de trabalhadores de empresas como a STCP, SA, a Groundforce, a TAP-Portugal ou a Metro do Porto, por exemplo. Mas estamos também representados e pretendemos continuar a afirmar a nossa acção em todo o sector dos transportes, pelo que a assinatura do Contrato Colectivo de Trabalho com a ANTROP, foi essencial para se criarem condições para uma intervenção nas negociações por melhores condições de trabalho para todo um sector.

Sabendo dos desafios que temos pela frente, torna-se por isso vital darmos início, durante o próximo mandato, a um processo de revisão dos estatutos, de forma a aferirmos a possibilidade de um alargamento territorial e sectorial, bem como da própria estrutura organizacional do Sindicato, colocando-nos assim numa posição que nos permita crescer de uma forma sustentada e equilibrada.

 

Durante os próximos três anos iremos dar continuidade à aposta em novas formas de comunicação e contacto com o associado. Queremos ter uma relação de mais proximidade com o sócio, criando para isso novas formas de manter esse contacto frequente, assertivo e personalizado. Estaremos em constante desenvolvimento de ferramentas e funcionalidades que serão disponibilizadas aos associados com vista a tirarem o melhor partido da informação, sendo possível de uma forma organizada e intuitiva consultar os conteúdos disponibilizados. Nesse sentido será feita uma actualização, que terá carácter permanente dos dados dos associados, nomeadamente no que refere às comunicações electrónicas, pois permitem um fácil acesso à comunicação e aos serviços do Sindicato.

Queremos continuar a ser um Sindicato de proposição e não de reacção, para que o nosso trabalho seja fundado em convicções e não com o recurso a demagogia e populismo. Iremos sempre privilegiar a via negocial pois estamos certos que tem muito mais vantagens do  que a via do confronto, não invalidando, em nenhuma circunstância que o STTAMP possa accionar os mecanismos de que dispõe para defender intransigentemente os direitos, as liberdades e garantias dos seus associados, dos trabalhadores e das populações.

 

O STTAMP pode e deve ser diferente, e por isso propomos:

  • Maior responsabilização dos eleitos;

  • Alargamento da participação dos sócios na vida do sindicato, fortalecendo com isso a sua natureza participativa e representativa;

  • Melhoria da qualidade dos serviços prestados;

  • Alargamento e desenvolvimento das parcerias de benefícios aos associados;

  • Dinamizar as relações de trabalho nas empresas;

  • Criação de melhores condições de vida para os trabalhadores que representamos.

 

A situação socioeconómica do país é, infelizmente, incerta e difícil.

As empresas de transportes encontram-se num ambiente pouco favorável e de grande indefinição.

O sector público dos transportes continua ainda com muitas incógnitas quer quanto ao seu modelo de gestão quer quanto à operacionalidade e ao serviço prestado às populações.

A volatilidade do sector da assistência em escala nos aeroportos enfrenta actualmente um dos seus maiores desafios, não só no que diz respeito à contratação colectiva mas também no que concerne à regulação do sector do Handling, para o qual o STTAMP tem contribuído com um desempenho inestimável, reconhecido por todas as entidades envolvidas.

Reconhecendo os enormes desafios com que todos nos confrontamos, esta realidade não poderá ser um alibi para que os nossos governantes, os reguladores e as administrações das empresas não tratem com a devida dignidade e respeito os trabalhadores dos transportes e as organizações que os representam.

Estaremos particularmente atentos ao sector empresarial do Estado que atravessa, como é sabido, um dos seus piores momentos, com muita incerteza quanto ao futuro, tendo resultado, a pretexto da “crise”, num retrocesso incomparável nas condições de trabalho e numa degradação evidente de um pilar fundamental da sociedade – o serviço público de transportes – não podemos continuar a deixar que sejam os trabalhadores do sector empresarial do Estado a pagar as facturas dos erros e desvarios cometidos por aqueles que têm governado o país nos últimos anos.

Nas empresas privadas os abusos e atropelos à legislação são uma constante.

Desde o não pagamento de horas extraordinárias, passando pelo não cumprimento dos horários de trabalho, o mau estado e falta de condições do material circulante, além da manutenção da política de baixos salários e dos altíssimos índices de rotatividade de recursos humanos baseados em contratos precários e em alguns casos até à margem da lei, aliado a promiscuidades e conluio de algumas entidades responsáveis, tudo serve para justificar o lucro fácil e da concorrência desleal, demonstrando uma total ausência de regulação e inércia por parte das autoridades que regulam o sector. Queremos deixar desde já esta mensagem aos trabalhadores das empresas privadas de transportes: Podem contar com o STTAMP para denunciar todos estes problemas, e a seu lado os combatermos nas instâncias próprias.

 

O STTAMP não deve ser reconhecido como mais um sindicato, mas sim como o Sindicato! Queremos uma organização diferente na sua prática sindical, na conduta dos seus membros, na resolução dos problemas e na implementação do seu projecto.

Temos a certeza que iremos continuar a mobilizar os sócios e os trabalhadores em geral, pois queremos ser um “sindicato ao serviço de todos os trabalhadores”...onde o futuro comece e sorria.

 

No STTAMP todos temos uma certeza:

Nós não somos melhores nem piores...somos diferentes!

Os associados podem votar na Sede do STTAMP. A mesa de voto estará em funcionamento entre as 10H00 e as 17H00.

 

Estas são algumas das ideias base das nossas propostas e da afirmação do nosso projecto.

Participa. Junta-te a nós. Faz a escolha certa.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

logotipo STTAMP
Informação relacionada
Please reload

Please reload

Arquivo
Procurar por temas