© 2017 - STTAMP - Todos os direitos reservados

Design & Development by VStudios INC

  • Twitter - White Circle
  • Facebook - White Circle

STCP,SA - Informação aos associados

31.10.2019

STTAMP

 

NEGOCIAÇÕES DE REVISÃO DO SEP (Sistema de evolução profissional)
 

Informamos os nossos associados que o STTAMP e a STCP iniciaram já o processo de revisão do SEP, sendo que na passada segunda-feira dia 28/09/2019 foi realizada a primeira reunião com o responsável da área de Recursos Humanos.
Nesta primeira fase, a empresa pretendeu obter das organizações sindicais, propostas que se possam consubstanciar em alterações definitivas, mas alertou para o facto de não estar em causa uma mudança radical do atual documento. O STTAMP defende que devem ser corrigidas algumas situações que distorcem a evolução e enquadramento de muitos profissionais. Neste sentido apresentamos várias propostas, das quais destacamos as seguintes:


• Necessidade de ser efetuado um novo enquadramento funcional em algumas categorias profissionais de forma a que as tarefas desempenhadas correspondam à realidade atual e que a sua evolução nas respetivas carreiras se torne mais justa e motivadora.
• Inserção de novos mecanismos de avaliação e enquadramento para os trabalhadores que por motivos alheios à sua vontade não possam exercer as suas funções de origem (.. fora de funções), de forma a que estes não sejam prejudicados na progressão da carreira, aliás, assunto este que já tinha sido oficializado junto da empresa alertando para esta injustiça.
• Contabilização como tempo de trabalho efetivo para efeitos de avaliação e progressão, nos casos de baixa por acidente de trabalho, para evitar uma dupla penalização para o trabalhador
• Atendendo a que existe um grande número de colaboradores que se encontram já no topo das suas carreiras e existindo ainda um longo percurso profissional, propusemos o acrescento de um grupo salarial em todas as carreiras.
O STTAMP acredita que estas, entre outras propostas que efetivou, são justas e merecem crédito por parte dos trabalhadores.


REVISÃO DO AE (Acordo de empresa)


Não foi ainda abordado, mas está para breve a revisão do AE. Neste capítulo estamos cientes das dificuldades, mas é tempo de os trabalhadores recuperarem parte do poder de compra perdido ou retirado nos últimos anos.

Desde já advertimos a empresa que não aceitaremos aumentos salariais como os praticados na última negociação. O STTAMP não aceitará aumentos diferenciados. Desta forma destacamos algumas das nossas propostas:


• Diuturnidades de 2 em 2 anos com a última a ser aplicada a partir dos 28 anos de empresa. Proposta já aceite pela empresa em Acordo de Princípio na última revisão, mas que por inércia de outros sindicatos, não foi efetivada.
• Aumentos em todas as rubricas de expressão pecuniária no valor de 5%.
• Atualização e posterior inclusão na tabela salarial de todos os complementos salariais, tendo em conta que os mesmos são remunerações constantes e permanentes pagas a 14 meses.
• Atribuição de um subsídio de horários irregulares para os trabalhadores adstritos a este regime
• Acréscimo de 25% na renumeração por trabalho prestado ao fim de semana (sábado e domingo)
• Criação de horário de trabalho com 2 descansos semanais no movimento, para trabalhadores que de forma voluntária a eles adiram.
• Deve a STCP providenciar junto do ministério de saúde a possibilidade dos seus trabalhadores de forma voluntária, poderem aderir ao regime especial de assistência à saúde (ADSE).
• Atribuição do passe andante.
• Horários flexíveis (entre 30minutos e 1 hora) para os trabalhadores que desempenhem atividades que pela sua natureza permitam realizar esse regime horário. Desta forma nestes casos eliminava-se a tolerância de ponto.


Não iremos “pedir” a inclusão de um percentual do Agente Único na tabela, como pretende fazer outra organização, porque já temos 8% incluídos desde 2005. Nunca é tarde para emendar o erro que cometeram e ficamos sensibilizados por nos darem razão.


O SMTP emitiu um comunicado, que mais parecia uma caixa de eco, onde tecia considerações descabidas acerca da nossa postura que, lembre-se, resultou em ganhos efetivos para os trabalhadores, inclusive para os associados do SMTP. Não queremos acreditar que depois de obrigados a escolher um AE, o SMTP se tenha tornado na “muleta” do SNM e que os seus dirigentes tenham agora necessidade de prestar vassalagem a quem há muito pouco tempo criticavam ferozmente… sinais do tempo e da força do STTAMP.

 

Juntos somos mais fortes!


STTAMP. MAIS PERTO DE QUEM TRABALHA

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

logotipo STTAMP
Informação relacionada
Please reload

Please reload

Arquivo
Procurar por temas